Sobre Rafael Santos Sá

Usando jQuery desde o beta!

Últimos posts de Rafael Santos Sá

20/03/2013

Aprenda jQuery!

É isso mesmo, o título está correto, conheça e aprenda bem esta biblioteca que entra ano, sai ano, segue líder na preferência internacional.

Esta dica não é exclusiva para novatos na biblioteca, ela serve também para você que já sabe tudo e que até se auto-intitula um “jQuery ninja”. A propósito, o ideal é ser “samurai” pois ele sim tem características nobres como a “disciplina, lealdade e grande habilidade com a katana”.

Piadinhas à parte, a novidade é que a jQuery Foundation lançou recentemente o jQuery Learning Center, um projeto beta com a intenção de ensinar e explicar conceitos básicos e avançados da jQuery, do JavaScript e de assuntos relacionados ao desenvolvimento front-end. Ele é a evolução jQuery Docs misturado ao projeto jQuery Fundamentals.

Mas por que mais um site ensinando jQuery?

A proposta é centralizar o conhecimento e mantê-lo atualizado pois sabemos que pelo fato da comunidade ser grande, o aprendizado compartilhado em tutoriais, blogs, fóruns poderá ficar obsoleto rapidamente.

Por exemplo, um assunto que você precisa estar por dentro é sobre como trabalhar com eventos, pois antigamente usava-se o bind(), depois passou a ser utilizado o live() e então surgiu o delegate(), só que atualmente o certo é usar o on(), wtf?!

Nesta nova documentação já é possível ter acesso à informação atualizada, além do histórico de todos os recursos da jQuery.

E o diferencial do Learn jQuery é que todos podem colaborar, inclusive você, “seu ninja”, pois o projeto está no GitHub.

Portanto, apesar de haver muita biblioteca nova por aí, com propósito semelhante ou não à jQuery, e que você já deve estar de olho, eu recomendo dedicar um pouco do seu tempo para se atualizar com a biblioteca para complementar seus conhecimentos nesta biblioteca que não deve parar de evoluir tão cedo.

Referências

06/05/2011

jQuery Browser Plugin – Identificando navegadores com técnica CrossBrowser

Vou falar aqui de uma das técnicas utilizadas para ter seu site crossbrowser, claro, usando jQuery.

Sabe-se que as técnicas mais populares são:

  • Conditional Comments
  • CSS Hacks
  • Classe Css no Html

A técnica que irei comentar é a terceira, e essa minha versão é feita por JavaScript, porém caso prefira, pode ser feito via programação de servidor.

Tudo que temos que fazer é incluir esse plugin jQuery Browser ao nosso projeto.

Funções

  • $.browser – Ela estende a função nativa do jQuery e acrescenta propriedades como versionNumber e name (msie, firefox, chrome, etc).
  • $.layout – Identifica a engine de layout, ex: konqueror, webkit, khtml, trident, etc.
  • $.os – Identifica o sistema operacional do cliente.
  • $.browserTest – Adicionará na tag classes css que representarão os dados acima, seguidos do número da versão.

Como o plugin já chama automaticamente a função $.browserTest, só temos que ver o resultado:

Agora você pode adicionar particularidades na folhas de estilos:

CSS

.chrome #menu{ width:100px }
.firefox #menu{ width:101px }
.msie8 #menu{ width:102px }
.msie6 #menu{ display:none } /* trollface! */

E também no JavaScript via jQuery:

JavaScript

if( $("html").is(".msie6") ){
     $("#menu").hide();
}
//ou
if( $("html").hasClass(".msie6") ){
     $("#menu").hide();
}

Obs: Como o plugin já não recebe atualização desde 2008, ele ainda não identifica Androids e iPad, está aí uma oportunidade para criarem um fork do projeto.

, , ,